O QUE SÃO FISTULAS ANAIS?

Definição

Trajecto anormal com um orifício interno na mucosa do canal anal ou recto, e um ou mais orifícios externos na pele da região Peri-anal.

Geralmente são a forma crónica de abcessos que foram drenados espontânea ou cirurgicamente, mais comum no sexo masculino.

Etiologia

  • Abcessos Ano-Rectais;
  • Trauma;
  • Fissuras Anais;
  • Tuberculose
  • Doença de Crohn;
  • Cancro;
  • Radiação;
  • Fungos.

Manifestações Clínicas

  • Drenagem purulenta;
  • Dor aquando da defecação;
  • Edema;
  • Hemorragia;
  • Diarreia;
  • Dermatite e Prurido;
  • Sintomas digestivos.

Classificação das Fistulas Anais
Classificação de Parks (em relação ao esfincter externo)

  1. Interesfinctéricas
  2. Transesfinctéricas
  3. Supraesfinctéricas
  4. Extraesfinctéricas

Exame Físico e Exames Complementares

  • História Clínica;
  • Palpação Peri-anal;
  • Toque rectal;
  • Sondagem (introdução de sonda para avaliação de trajecto);
  • Anuscopia;
  • Fistulografia;
  • Ecografia Endo-anal/Endo-rectal;
  • Ressonância Magnética;
  • TAC;
  • RX contrastado;
  • Colonoscopia;
  • Manometria anal.

Diagnóstico Diferencial

  • Fístulas associadas a Dii (Doença Inflamatória Intestinal);
  • Cancros Rectais ou Anais c/ fístulas no Perineo;
  • Diverticulite do Sigmoide com perfuração e fistulização;
  • Quistos infectados;
  • Quisto Sacrococcígeo com extensão Perineal;
  • Infeccão das glândulas Sudoriparas.

Complicações das Fistulas Anais

  • Incontinência Anal;
  • Estenose Anal;
  • Recorrência;
  • Atraso na cicatrização da ferida;
  • Prolapso da Mucosa;
  • Hemorragia;
  • Retenção Urinária;
  • Hemorroidas Externas trombosadas;
  • Dor crónica;
  • Prurido.

Tratamento Cirúrgico

  • Depende da anatomia e localização da fístula.

Técnicas Cirúrgicas

  • Fistulectomia;
  • Colocação de Seton;
  • Fistulotomia.